Skate – história – ano 2000 em diante

A partir de 2000 o Circuito Brasileiro de Skate é organizado pela CBSk com etapas em São Paulo, Curitiba, Campinas /SP e Porto Alegre. Em 2001, etapas em São Paulo, Ribeirão Preto, Santos, Porto Alegre e Curitiba.  Em 2002, etapas em Manaus/AM, São Paulo, Curitiba, Lauro de Freitas/BA e Novo Hamburgo. Em 2003, etapas em Manaus, Brasília, Curitiba, São Paulo e Novo Hamburgo. Em 2004, etapas em Lauro de Freitas, São Paulo,  Sobral/CE, Teresópolis e Novo Hamburgo/RJ. Em 2005, etapas em Sobral, Lauro de Freitas e Novo Hamburgo. Em 2006, etapas em Novo Hamburgo e Sobral. Em 2007, etapas em Sobral, Recife e Novo Hamburgo. Em 2008, etapas em Balneário Camboriú/SC, Madre de Deus e Sobral/BA. Em 2009,etapas em Madre de Deus, Sobral e João Pessoa/PB.

Acontece o Qix Pro Contest em 2000 que a partir de 2002 valeria pelo Circuito Brasileiro de Street até 2009 e em 2006 também foi etapa do Circuito Mundial de Street.

Em 2001 acontece o Campeonato Sul Americano de Street em São Paulo. Em 2005, o Campeonato Mundial de Freestyle acontece em São Paulo. Em 2006, o Rio Downhill no Rio de Janeiro, válido como etapa do Circuito Mundial de Downhill Speed e em Santos, no ano de 2008; o Malarrara Pro, válido como Campeonato Sulamericano de Downhill Speed em 2007 e etapas do Circuito Mundial em 2008 e 2009.

Eventos com formatos alternativos aparecem. Em 2001, Desafio de Rua em São Paulo. Em 2002 Desafio de Rua em São Paulo. Em 2003, Desafio de Rua em Uberlândia /MG. Em 2004, Desafio de Rua em Campo Grade/MS. Em 2005, Desafio de Rua em Goiânia /GO. Em 2006, um campeonato de S-K-A-T-E em São  José dos Campos e o Red Beach Sk8 Challenge em São Paulo, Game of  S-K-A-T-E em São Paulo e o Desafio de Rua em Porto Alegre. Em 2007, o NikeSB Photo Incentive em Curitiba, Red Nose Shoes Mini Ramp Attack em Caçapava, Copa São Paulo Open de Slalom em São Paulo, Overmeeting em Brasília, Desafio Red Nose Shoes Corrimãozão, GAS Festival em São Paulo, Banks Red Nose Toobsland em São Paulo, GP Brasil de Slalom em São Paulo, Desafio de Rua em Brasília e o Concrete Vibe em Florianópolis. Em 2008, o Adidas Quanto você pula? em São Paulo, GAS Festival em São Paulo, 2° Grande Prêmio de Slalom e Speed. Em 2009, o RTMF Independent Bowl Pro em Florianópolis, Essa Mesa é Minha em São Paulo, o GP Brasil de Slalom em São Paulo, Converse Fix to Ride no Rio de Janeiro, o Skate do Museu em São Paulo, o Circuito Universitário em São Paulo com 03 etapas, Virada Esportiva de Campinas, GAS Festival em São Paulo, Big Day Out em Brasília, Aniversário do Cidade Skate e Matriz Skateshop em Porto Alegre.

Em 2003 e 2004, as primeiras edições do Latin America X-Games acontece no Rio de Janeiro.

Em 2008, em São Paulo, acontece o Brasil X Game.

Em 2008 e 2009, também em São Paulo, rolam as primeiras edições da Mega Rampa.

A partir de 2002 são realizadas as primeiras edições do Rio Vert Jam no Rio de Janeiro, sendo a partir de 2006 valendo como etapa do Circuito Mundial de Vertical.

Os canais de televisão também despertam para a importância do skate e começam a transmitir os eventos. A Copa Comunitária de Skate e do Desafio Internacional de Skate, são transmitidos pela TV Record, em 2001. Batalha no Forte em Salvador em 2006 é transmitido pela Sportv. O Pro Rad em São Paulo com Street e Vertical em 2006 são transmitidos pela TV Globo.

Em 2008, acontecem etapas brasileiras válidas exclusivamente pelo Circuito Mundial de Street com o Nescau Energy Street Festival no Rio de Janeiro.

O Crail World Cup acontece novamente em 2001 em São Bernardo do Campo, em 2002 e 2005 em S. Paulo.

Vinda dos ídolos internacionais Danny Way, Paul Machnau, David Gonzales, Paul Rodriguez, Omar Salazar, Reese Forbes, Duane Peters, Pat Duffy, Chad Shettler em 2006; Chico Brenes, Kristian Bomholt, Torey Pudwill e Zered Bassett em 2007; Geoff Rowley, Johnny Layton, Christian Hosoi e Steve Caballero em 2008.

Em 2002 Bob Burnquist recebe o Prêmio “Laureaus Awards” de Atleta do ano de todas as modalidades esportivas e vence o desafio King of Skate.

Bob Burnquist é escolhido como skatista do ano pela Transwolrd em 2007.

São publicadas as revistas Rio Skate Mag e 40 Polegadas em 2000; Skate & Bordas em 2001; Skate Jam, Vista, SKT, Switch, Pense Skate e Ôxe em 2004.

A CemporcentoSkate publica o Guia de Pistas em 2002 demonstrando existir na época 427 pistas de Skate no Brasil, novamente em 2004 onde aumentaram para 721 pistas e em 2006 com 1.024 pistas, crescimento de 116% em quatro anos.

Realização pelo Instituto Datafolha da primeira pesquisa sobre praticantes de Skate no Brasil, encomendada pela CBSk, constatando haver mais de 2.700.000 (dois milhões e setecentos mil) praticantes.

Em 2006 novamente a CBSk contrata o Datafolha para novo pesquisa onde os praticantes aumentaram para mais de 3.200.000 (três milhões e duzentos mil) e em dezembro de 2009 a terceira pesquisa com mais de 3.800.000 (três milhões e oitocentos mil).

A grande mídia começou a mostrar o Skate seja em programas de TV sobre campeonatos (Oi Vert Jam, Pro Rad, Mega Rampa) e especializados (Skate Paradise, Zona de Impacto e Distorção), entrevistas com personalidades (Bob no Programa do Jô, Karen Jones no Fantástico, Dança no Skate na Eliana) e até em novelas (Malhação).

Skatistas/artistas expõe em galerias de arte no Brasil como Flávio Samelo, Apoena Fousek, Alexandre Farofa, Binho Ribeiro, Felipe Motta etc.

Skatistas participam de publicidade de marcas fora do universo do Skate: Fábio Sleimann na propaganda de celular, Rogério Mancha na de carro, etc…

Skatistas viram atores de cinema (Daniel Zattai, Alexandre Chorão e Allan Mesquita) e são destaques em bandas (Chorão no Charlie Brown Jr., Badauí no CPM22, Marcelo D2, Edu Marrom, Carlinhos Zodi etc).

Lançamento de filmes e documentários sobre o Skate brasileiro em 2007 com The Reality of Bob Burnquist, Alma sobre rodas e O Magnata; em 2009 com Dirty Money de Alexandre Vianna e RE:BOARD por Alexandre Farofa.

Em 2003 a CBSk cria comitês dos profissionais de Street e Vertical e depois disto inicia a criação de comitês dos profissionais e conselhos de todas as modalidades.

Em 2004 a CBSk começa a controlar a profissionalização de amadores estabelecendo parametros sendo a partir de 2006 através de análises e aprovação de Comitês dos profissionais de cada modalidade.

Já nesta década diversos skatistas brasileiros vivem no Exterior e são patrocinados por empresas internacionais.

Em 2008 e 2009, a Mega Rampa chegou ao Brasil, tendo sido montada no Sambódromo do Anhembi pelo esqueitista dos anos 1980 George Rotatori. Na sua segunda edição, em 2009, Bob Burnquist consagrou-se bicampeão.

Em 2010, algumas tentativas de proibição de Skate em locais tradicionais com o Museu do Ipiranga e Avenida Paulista, Parque do Ibirapuera e Praça Roosevelt em 2012 tiveram participação importante da CBSk para que não fossem concretizadas.

Acontecem entre 2010 e 2013 etapas brasileiras do Circuito Mundial de várias modalidades como Rio Vert Jam (Vertical) no Rio de Janeiro, Red Bull Sk8 Generation (Bowl) em Florianópolis, Ceará World Cup (Street) em Fortaleza e Malarrara Pro (Speed) em Teutônia.

São realizadas provas profissionais como Ladeira da Morte a Ressurreição e o Circuito Universitário com 04 etapas em São Paulo em 2010; Skate na Velocidade em Santana de Parnaíba, Element em São  Paulo, Circuito Universitário em São Paulo com 04 etapas, o Encontro Niemeyer de SkatChallenge e em São Paulo, Ladeira da Morte em São Paulo, o Campeonato Internacional de Mini Ramp em Foz do Iguaçu em 2011; Mega Space em Belo Horizonte, Skatebrothers Downhill Classic em S. Pedro, Curitiba Skate Jam em Curitiba, Skate na Velocidade em Santana de Parnaíba, São Paulo Vert Pro em SP, Overmeeting em Brasília, Brasileiro de Downhill Speed em Bento Gonçalves /RS, Pro Rad em São Paulo, Copa Atibaia de Downhill Slide em Atibaia, Bioenergy Special Banks em São Bernardo do Campo e o Mad Rats Downhill Challenge em S. João do Deserto /RS em 2012.

O Circuito Brasileiro de Skate em 2010 tem etapas em Brasília, João Pessoa, Sobral, Florianópolis. Em 2011, etapas em São Paulo, Sobral e João Pessoa. Em 2012, etapas em Fortaleza, Sobral e Recife.

A CBSk organiza o Campeonato Brasileiro de Street Amador em 2010 em São Paulo, em 2011 e 2012 em São Bernardo do Campo, com participações de amadores, iniciantes e meninas selecionadas nos principais circuitos e rankings estaduais de vários Estados.

Lançamento do documentário sobre o Skate brasileiro em 2010 Vidas sobre Rodas de Daniel Baccaro.

Acontece mais edições da Mega Rampa no Brasil em 2011 em S. Paulo e 2012 no Rio de Janeiro.

Vencendo barreiras de preconceito, o Skate vem crescendo e inovando até os dias de hoje.

O skate é hoje o 7º esporte mais praticado no Brasil.

Informações obtidas no Livro “A Onda Dura” de Eduardo Brito e no site da CBSk (www.cbsk.com.br)