Corrida de Aventura – Saiba Mais!

A Corrida de Aventura – também denominada de Rally Humano – é uma competição de múltiplos propósitos esportivos que envolve grande espírito aventureiro e expedicionário.

Os participantes percorrem, na maioria das vezes, regiões inóspitas e pouco exploradas que colocam em cheque seus limites físicos e mentais.

Os esportes que integram esta competição estão diretamente relacionados à natureza como orientação, trekking, equitação, rapel, natação, canoagem, canionismo, escalada, rafting, mountain bike entre outras, sendo adaptados conforme os critérios da organização ou as condições locais.

Embora a muitos pareça impossível atingir os objetivos propostos pela organização das Corridas de Aventura, todos os trajetos e atividades são devidamente testados para que possam ser concluídos de maneira a causar o menor impacto possível ao meio ambiente. Geralmente as equipes participantes são compostas de três a cinco membros, de ambos os sexos.

Os participantes são orientados por bússolas e mapas para que realizem o percurso no menor tempo possível.

Nas provas em equipe, além do preparo físico, os atletas devem ter o espírito de solidariedade e de conscientização ambiental.

A infra-estrutura de suporte das competições é complexa e exige contatos e articulações com órgãos governamentais, organizações não-governamentais-ONG, empresários e até comunidades locais.

 

ORIGEM:

A corrida de aventura, no formato que temos hoje, foi criada em 1985 pelo francês Patrick Bauer que após ter completado uma corrida de mais de 300 km pelo deserto do Saara resolveu compartilhar sua experiência e criou a “Marathon des Sables”.

Basicamente, a corrida exigia resistência física, velocidade e grande poder de orientação para se cruzar o Sahara.

Hoje, o evento acontece anualmente em diferentes regiões do Marrocos, onde a variação térmica é altíssima: de dia, a temperatura pode chegar a 50°C, e à noite, a 0°C. A expedição a pé dura sete dias, num total de 230km.

No final da década de 1980, as corridas de aventura popularizaram-se na Europa e na Nova Zelândia.

Em 1989, Gerard Fusil, jornalista e aventureiro francês produziu, na Nova Zelândia, o Raid Gauloises (The Raid). Com base em sua experiência atual, Gerard conceitua o formato das corridas de aventura como “uma forma de buscar e superar os próprios limites, testando-os e integrando-os ao trabalho em equipe e no respeito ao meio ambiente”.

Em 1999, o mesmo Gerard criou o Elf Authentique Aventure, com sua primeira edição Filipinas.

No Brasil, em 1998, a Expedição Mata Atlântica-EMA foi a primeira corrida de aventura brasileira que cobriu um percurso de 220km por dentro da Mata Atlântica, de Paraibuna até Ilhabela-SP. Mantém, ainda hoje, as mesmas edições anuais. O evento reúne a prática dos esportes de aventura, trabalho intenso de equipe e cuidados com a preservação ambiental. A modalidade de expedição acontece em regiões inexploradas da Mata Atlântica e visa testar os limites da resistência humana. A entidade responsável pela organização da EMA é a Sociedade Brasileira Multisport Adventure Race-SBMAR. Mas o principal órgão representativo no país é a Sociedade Brasileira de Corridas de Aventura–SBCA, criada também no mesmo ano para organizar o importante evento.

 

ORGANIZAÇÃO DAS PRINCIPAIS PROVAS NACIONAIS

Haka Race – SP

Adventure Camp – SP

Chauas – SP

Brou Aventura – MG

Gralha Azul – PR

Caixa Brasília Outdoor

 

AR Word Series (Adventure Racing World Series)

RBCA (Ranking Brasileiro de Corrida de Aventura)

FPCAV (Federação Paulista de Corrida de Aventura)

 

QUER SABER MAIS?

Clique nos links a seguir e assista os vídeos.  São temas explicativos sobre a corrida de aventura.

São todos do Leo do Haka Race. Site  HAKARACE

O que é Corrida de Aventura?

Equipamentos para a Corrida de Aventura.

MTB e Trekking

Canoagem e técnicas verticais

Bússola e mapas

Workshop de Corrida de Aventura na Decathlon